fbpx

PSD GUARDA: Guerra na escolha do líder da bancada

Foto(s): PSD

Com as eleições autárquicas à porta, o PSD-Guarda perdeu no último mês uma figura com uma longa militância partidária que era o líder da bancada parlamentar do PSD.

A escolha do novo líder parlamentar do PSD na Guarda surge depois do estranho processo que levou o ex-vereador sem pelouros da atual maioria PSD e atual Presidente da concelhia, a atacar publicamente o executivo Municipal também do PSD, apesar dos sociais-democratas terem sido o partido mais votado nas eleições autárquicas.

Na próxima semana será realizada uma reunião do grupo parlamentar do PSD da Guarda, para escolher o nome do líder da bancada. Perfilando-se para ocupar o lugar, apoiantes do atual presidente da Concelhia da Guarda e um outro elemento, que tem uma posição mais equilibrada relativamente ao executivo municipal do PSD na Camara da Guarda.

“Os 25 deputados eleitos do PSD têm de fiscalizar o trabalho desenvolvido pelo executivo, bem como, ter uma atitude pró ativa, de apresentação de propostas, que sejam exequíveis e relevantes para o desenvolvimento e crescimento da Guarda.”, esta afirmação terá sido entendida como mais uma declaração de guerra ao executivo Municipal liderado por Carlos Chaves Monteiro.

A utilização da bancada parlamentar do PSD, como uma ferramenta de ataque político ao executivo Municipal do PSD é um risco que poderá ser materializado na próxima reunião.

%d bloggers like this: