fbpx

MUNICÍPIO DA GUARDA: não adere acordo pagamento da divida às AdP

 

O Município da Guarda não vai aderir ao acordo de pagamento de divida com as Aguas de Portugal. As alterações legislativas apenas se “foca na redução dos juros”. Uma redução de “30% dos juros não agrada ao Município da Guarda”.

 

A contenda jurídica é decidida em tribunal arbitral em virtude da última decisão do Supremo Tribunal de Justiça que se declarou incompetente para a decisão da causa.

 

 

O Município da Guarda aceitará um acordo com o Grupo Águas de Portugal, sem cobrança de juros, e se o montante a acordar rondar os 20 Milhões de euros.

 

Recorde-se que o Município da Guarda, segundo o RELATÓRIO e CONTAS de 2019 do Grupo AdP – Águas de Portugal, SGPS, S.A o montante de €30 479 082 (TRINTA MILHOES QUATROCENTS E SETENTA E NOVE MIL EUROS E 82 EUROS).

 

 

%d bloggers like this: