fbpx

OBRAS: quem é o vereador responsável pelo atraso?

Sérgio Costa presidente da concelhia do PSD da Guarda, e vereador sem pelouros, repetiu a sua “disponibilidade para ajudar” no projeto da variante dos 5Eef’s (ou designado por Alameda da Ti jaquina”) na última reunião de câmara.

 

Já em agosto tinha manifestado essa disponibilidade a Carlos Monteiro, tendo obtido como resposta um “silêncio educado”.

 

Agora perante a repetição da investida, o Presidente da câmara respondeu “Gostaríamos que nos tivesse ajudado antes”.

 

Acrescentando “a sua ajuda não é relevante” respondeu o presidente ao vereador do PSD agora sem pelouros que preside à concelhia do partido pelo qual foram eleitos.

 

Apesar dos constantes atrasos nas obras da autarquia, e ao desconforto na concretização de obras públicas municipais o Presidente refere que os técnicos da autarquia “estão a trabalhar arduamente” e “agora se percebem alguns egocentrismos” rematou.

 

O Presidente da Câmara afasta assim que o atraso tenha motivação interna ou falta de zelo dos funcionários camarários, mas apontando que os atrasos sucessivos se devem a liderança política das obras na Guarda aludindo ao trabalho do agora vereador sem pelouros enquanto vereador com os pelouros das obras públicas.

 

Recorde-se que não se trata do lançamento do concurso, mas apenas a concretização do projeto. A “alameda da Ti Jaquina” (ou dos Efes) uma das poucas propostas eleitorais que Álvaro Amaro fez na Guarda, mas que nem o projeto está concluído.