fbpx

#MAI: comando da UEPS vai ficar na Guarda

 

O comando nacional da nova Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR, que sucedeu ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), vai ficar instalado na cidade da Guarda, anunciou hoje o ministro da Administração Interna.

 

Eduardo Cabrita “Hoje à tarde vou reunir com o presidente da Câmara da Guarda e tratar de algo que decorre de um ato legislativo recentemente publicado, o novo regulamento da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro, que terá o seu comando nacional na cidade da Guarda, com as estruturas de comando nacional”, anunciou o ministro durante a inauguração do Posto Territorial de Alpedrinha.

 

O ministro Eduardo Cabrita realçou que na GNR a valorização da colocação de estruturas no interior do país é entendida como uma prioridade.

 

A UEPS compreende as subunidades: Comando de Grupo de Emergência de Proteção e Socorro, Companhias de Ataque Estendido, que se articulam em pelotões, Companhias de Intervenção de Proteção e Socorro, que se articulam em postos, e Companhia de Intervenção e Proteção em Emergência.

 

Eduardo Cabrita

 

Trata-se de uma unidade especializada da GNR que tem como missão específica a execução de ações de prevenção e de intervenção, em todo o território nacional, em situações de acidente grave e catástrofe, designadamente nas ocorrências de incêndios rurais, matérias perigosas, cheias, de sismos, busca, resgate e salvamento em diferentes ambientes, bem como outras situações de emergência de proteção e socorro, incluindo a inspeção judiciária em meio aquático e subaquático.

 

A Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR tem no total aproximadamente 1.200 militares.

 

 

 

 

%d bloggers like this: