As notícias da Guarda mais perto de Si 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3

PSD: Falta porto-seco “legislado pelo Governo”

 

A Comissão Política Distrital do PSD da Guarda pediu hoje ao Governo que “acelere os procedimentos” com vista à criação de um porto seco na cidade, para dar resposta às empresas de logística e de transporte instaladas na região. “As empresas não podem fazer nada, nem as autarquias, nem os atores locais”.

 

Carlos Condesso, o projeto do porto seco terá de ser legislado pelo Governo, alegando que “as empresas não podem fazer nada, nem as autarquias, nem os atores locais, sem que primeiro haja legislação”.

 

A criação de um porto seco “é uma reivindicação do PSD e de todos os empresários ligados à logística e ao transporte, que estão a operar na região da Guarda”, afirmou.

 

Os empresários hoje contactados referiram “a necessidade de se criar na Guarda um porto seco e de o Governo legislar nessa matéria, porque a Guarda tem uma posição privilegiada, onde confluem duas linhas férreas (Beira Alta e Beira Baixa) e se cruzam duas autoestradas (A23 — Guarda/Torres Novas e A25 — Aveiro/Vilar Formoso)”, acrescentou.

 

 

Na nota publicada, refere “Ontem visitamos a nova unidade industrial da COFICAB e a empresa de transportes e logística OLANO, duas empresas de referência que muito contribuem para o desenvolvimento económico da nossa região”.

 

“A Distrital do PSD e o Deputado eleito pelo círculo eleitoral da Guarda pretenderam, entre outros objetivos, auscultar as preocupações sentidas pelos empresários e as suas reivindicações neste período tão complexo em que vivemos devido ao atual estado de pandemia”, refere na nota.

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).