fbpx

SEGURANÇA SOCIAL DA GUARDA: Encerrou devido a surto covid-19

O Centro Distrital de Segurança Social da Guarda encerrou na tarde de sexta-feira para limpeza e desinfeção do edifício. Treze trabalhadores testaram positivo para o COVID-19. Os serviços da Segurança Social da Guarda têm 89 funcionários.

 

O primeiro caso foi detetado no sábado passado e, desde então, tem aumentado o número de infeções que deram origem ao surto na instituição.

 

Os trabalhadores que mantiveram contatos com os infetados ficaram de quarentena profilática no seu domicílio e, alguns ainda aguardam o resultado dos testes efetuados na segunda-feira.

 

A instituição tem um quadro de pessoal envelhecido e com muitos doentes de risco a trabalhar na Segurança Social da Guarda, os serviços de atendimento foram encerrados pelo tempo em que decorre a desinfeção do espaço. Uma funcionária teve que ser hospitalizada no Hospital Sousa Martins em estado grave.  Os restantes funcionários estão assintomáticos.