As notícias da Guarda mais perto de Si

CCDRC: Tomada de posse

 

António Costa sublinhou hoje que as nossas CCDR(s) deverão mobilizar cada Região para o Plano de Recuperação e Resiliência e integrar todos num esforço comum de desenvolvimento dos territórios.

 

O primeiro-ministro António Costa afirmou em Coimbra (hoje) que a eleição dos presidentes das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) é o início de uma caminhada que deve permitir ao país “vencer mitos” e “destruir fantasmas” sobre a regionalização.

 

As eleições para a presidência das cinco CCDR (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve) confirmaram quatro candidatos únicos, à exceção do Alentejo, num modelo pouco consensual fora do espetro político do PS e PSD que mereceu críticas dos outros partidos.

 

“Estamos na primeira etapa desta caminhada. Uma caminhada que deve permitir ao país vencer mitos, destruir fantasmas sobre o que é isso da regionalização e, com tranquilidade e no momento próprio – e que transcenderá seguramente o mandato dos presidentes e vice-presidentes hoje empossados, o país possa um dia pronunciar-se de novo sobre a sua opção regional”, disse António Costa, que falava em Coimbra, na cerimónia de tomada de posse dos presidentes e vice-presidentes das CCDR, eleitos a 13 de outubro.

 

O “próximo passo a dar passa pela integração nas CCDR de um conjunto de administrações regionais que são imprescindíveis terem uma governação e tutela comum, à escala regional”, nomeadamente nas áreas da saúde, cultura e educação referiu o Primeiro-Ministro.

 

 

 

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3