fbpx

SETOR SOCIAL: Liberta 425 camas

Foi assinado ontem um compromisso de cooperação do Estado com o setor social para criar mais de 425 camas para acolher utentes do SNS.

O primeiro ministro diz que rejeita os “fantasmas” de quem quer fronteiras ideológicas entre a cooperação do Estado e os setores social e privado.

António Costa, “saúdo o acordo assinado entre o Estado e as entidades do setor social e solidário” que visa libertar camas nas instituições.

“Vai permitir reservar 425 vagas para altas sociais, libertando camas que permanecem ocupadas após alta clínica. Mais de mil pessoas foram já colocadas em respostas sociais das várias instituições”, refere na nota.