fbpx

JSD: Guarda e Castelo Branco “O Halloween foi há um mês, mas caiu agora a máscara”

A JSD de Castelo Branco e da Guarda “congratulam o PSD por conseguir a tão almejada redução de 50% e 75% das portagens nas auto-estradas do Interior e desafiam os deputados do PS pela Beira Interior a justificarem a sua legitimidade após quebrarem o pacto assumido com os eleitores”.

Agora, todo o cidadão do Interior tem motivos para celebrar esta vitória. Não é ainda a vitória final que ambicionamos, mas é o começo do fim das portagens nos nossos territórios. Se, antes, o Estado Socialista tinha as duas mãos nos bolsos dos contribuintes do Interior, hoje já nos libertamos de uma delas e, em próximos episódios, conseguiremos tirar a que resta” referem os Sociais-democratas.

A JSD dirige “uma palavra de gratidão às plataformas, movimentos, partidos, organizações e grupos da sociedade civil que nunca baixaram braços na defesa das suas gentes”.

No comunicado os jovens Sociais-democratas do interior questionam “que legitimidade têm os deputados do PS eleitos por estes dois círculos eleitorais, que prometeram uma coisa e votaram o seu contrário? Hortense Martins, Santinho Pacheco, Nuno Fazenda, Cristina Sousa e Joana Bento não cumpriram com o contrato que assumiram com os eleitores. Preferem subjugar-se aos interesses de Lisboa em vez dos da sua região? Que influência têm eles afinal junto do seu partido? Que justificação deram aos seus eleitores, depois de dois dias de um silêncio ensurdecedor?“.

Relativamente à redução que vem sendo aplicada nas portagens a “JSD da Beira Interior encara este passo como um sinal muito positivo e que há muito a região merecia. O Halloween foi há um mês, mas caiu agora a máscara. Hoje vemos nu o rosto do PS que outrora tanto carregava na maquilhagem e no botox. Decorridos nove anos, é o PSD que cumpre e que restitui justiça ao Interior face às portagens que o PS introduziu por resolução do Conselho de Ministros do Governo Sócrates”.

%d bloggers like this: