As notícias da Guarda mais perto de Si

GUARDA: Governo prepara investimentos de 12,3 ME na área da Saúde

O Governo, através da Ministra da Coesão Territorial, anunciou que vai investir um total de 12,3 milhões de euros na melhoria das condições dos edifícios do hospital da Guarda e do Centro de Saúde de Seia.

Segundo Ana Abrunhosa, no Parque de Saúde da Guarda, onde se situa o Hospital Sousa Martins, estão previstos investimentos na ordem dos 11 milhões de euros e, em Seia, na requalificação do Centro de Saúde um valor de 1,3 milhões de euros.

A ministra visitou hoje o Centro de Saúde de Seia e mais tarde esteve no Hospital Sousa Martins, onde participou numa reunião de trabalho com o novo Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS), que visava compreender “as várias necessidades” locais, para que dois projetos sejam aplicados ao Programa Operacional Regional do Centro, tendo em conta que os restantes fundos foram atribuídos à saúde.

No final da reunião de trabalho, Ana Abrunhosa disse que o Parque da Guarda Saúde tem necessidades e diferenças “muito grandes”: “Tem um edifício dos mais modernos que temos no nosso país, mas também tem um edifício onde são prestados cuidados de saúde, que é conhecido como ‘comboio’, a necessitar de intervenções urgentes”.

Adiantou que no Programa Operacional Regional ainda há verbas para a área da saúde que podem, “a curto prazo”, ajudar a “fazer obras que são urgentes”, quer na construção do “comboio”, quer no antigo edifício da ARS, onde está atualmente a administração da ULS, a necessitar de obras “ao nível do telhado e das fachadas”.

As verbas estão disponíveis e “não é por falta de verbas que as obras mais urgentes não serão feitas”, admitiu, indicando que “já existe um projeto” para a sua implementação.

Segundo a ministra, “a correr bem”, só pode haver obras no início de 2022, o que seria uma “excelente notícia para a Guarda”.

Para além destas duas intervenções, afirmou que o outro projeto relacionado com o edifício do “pavilhão 5”, onde funcionou os serviços de urgência do Hospital Sousa Martins até à abertura do novo bloco em 2014, que “terá financiamento através do Orçamento do Estado”, para a instalação da Unidade de Saúde Infantil e Feminina”.

Em relação ao Centro de Saúde de Seia, referiu que serão “realizadas obras de requalificação no edifício, no montante de até 1,3 milhões de euros”.

“A área da saúde é, e tem de ser, uma área prioritária de investimento no nosso país. Tem de ser, e é, uma área prioritária de implementação dos fundos comunitários”, disse Ana Abrunhosa.

Na reunião de hoje, foi também abordada a requalificação de edifícios emblemáticos do Parque de Saúde da Guarda – pavilhões rainha Dona Amélia e António de Lencastre – “que só terão a possibilidade de financiamento no próximo quadro comunitário”, segundo o governo.

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3