As notícias da Guarda mais perto de Si

PINHEL: Pede suspensão das aulas presenciais

 

O Presidente da Câmara de Pinhel, Rui Ventura, pede suspensão das aulas presenciais, em todos os ciclos de ensino, nas escolas do concelho de Pinhel em missiva enviada às autoridades de saúde do seu concelho e a vários responsaveis políticos do governo.

 

O pedido foi remetido ao final da tarde desta quarta-feira, à Delegada de Saúde do Concelho de Pinhel, Dra. Benilde Mendes, com conhecimento ao Primeiro-Ministro, Dr. António Costa; à Ministra da Saúde, Dra. Marta Temido; ao Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão Rodrigues; à Delegada Regional de Educação do Centro, Dra. Cristina Oliveira; e à Delegada de Saúde Coordenadora da ULS da Guarda, Dra. Ana Isabel Viseu.

 

“No concelho de Pinhel, autorizar a realização das aulas em regime não presencial, desde o Pré-Escolar ao Secundário, determina o confinamento obrigatório de 731 alunos, 129 professores e 65 assistentes operacionais do Agrupamento de Escolas de Pinhel, números a que acrescem mais 99 crianças e 21 funcionários do ensino Pré-Escolar da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel”, explica o autarca, concluindo que “esta é uma tomada de posição, clara e inequívoca, por parte da Autarquia e da Proteção Civil Municipal”, referem no ofício enviado.

 

E porque “não estamos em tempo de meias palavras, nem tão pouco de meias atitudes”, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel termina a sua missiva pedindo uma resposta célere ao pedido apresentado.

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3