As notícias da Guarda mais perto de Si

HOTEL TURISMO: Remoção da proteção do edifício

Durante o fim-de-semana foi retirada toda a proteção que envolvia o edifício do antigo Hotel de Turismo, na Guarda.

O edifício que foi vendido ao Turismo de Portugal por 3 milhões de euros está agora com futuro incerto, tendo o Presidente da Câmara Carlos Chaves Monteiro aceite que a autarquia seja fiel depositária das chaves do imóvel abandonado.

No edifico há janelas abertas e sinais de total abandono. A retirada da proteção do edifício permite visualizar o estado de degradação em que o edifício se encontra atualmente. A empresa MRG SA desistiu daconcessão não se conhecendo mais interessados privados.

Recorde-se o pedido polémico de Álvaro Amaro no Comício do PSD a 25 de maio de 2011, que marcou então esse comício de Passos Coelho na Guarda. “O líder da distrital foi o último a falar na passada quarta-feira e lançou uma verdadeira bomba quando pediu ao candidato a primeiro-ministro que, se for eleito, não pague os 1,8 milhões de euros que o Turismo de Portugal ainda terá que liquidar junto da Câmara pelo Hotel Turismo”, segundo o Jornal O interior.

Amaro pediu “esse favor” a Passos Coelho e repetiu várias vezes “não pague” para depois justificar a polémica solicitação. “Sabe porque lhe peço para não pagar, é porque a vergonha é bem maior. O Estado, que eu pago com os meus impostos, compra um hotel à Câmara. Não é gerir bem os recursos do Estado comprar hotéis às Câmaras, senão eu também compro lá em Gouveia e depois vendo ao Estado, pois não há amigos de um lado e inimigos do outro”, disse, obtendo uma estrondosa ovação refere o Jornal O Interior de 2 junho de 2011.

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3