As notícias da Guarda mais perto de Si

GUARDA: Vendas imoveis – preços descem 8,7%

 

Ao nível das vendas, de imoveis no Distrito da Guarda e em termos absolutos, o preço médio anunciado em janeiro de 2021 na Guarda diminuiu 8,7% face a 2020. Mas neste mês de janeiro, o distrito da Guarda apresentou um crescimento do preço face ao mês anterior (dezembro de 2020) de 3,1% acentuando a tendência de recuperação.

 

Ao nível das vendas de imoveis em Portugal e em termos absolutos, o preço médio anunciado em janeiro de 2021 foi de 347.955 euros, o que representa um ligeiro aumento de 0,5% face ao mês anterior, cujo valor foi de 346.386 euros, e de 1% em relação aos 344.441 euros registados em janeiro de 2020.

 

Neste mês de janeiro, o distrito com o maior crescimento do preço face ao mês anterior foi Beja (3,2%) que, de resto, também se destaca com a maior subida (9,8%) face ao período homólogo de 2020. Em seguida, nas regiões que se evidenciam por maiores aumentos face a dezembro de 2020, surgem Guarda (3,1%), Vila Real (2,4%) e Viana do Castelo (2,4%). No polo oposto, Évora (4,7%) aparece como o distrito com maior queda regista.

 

Na comparação entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021, depois de Beja, Aveiro (8%), Viana do Castelo (7,8%) e Coimbra (7,5%) surgem no topo dos distritos com maiores subidas no preço. Em sentido contrário, Portalegre (14,8%) e Guarda (8,7%) apresentam as quedas mais acentuadas no preço médio na comparação entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado.

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).