fbpx

COMBOIO (ROTUNDA): Assinado 3º protocolo de cedência

 

Após vários protocolos e tentativas falhadas, para o colocar o comboio na rotunda da Avenida da Estação, o executivo municipal aprovou a minuta do novo protocolo para ser assinado. O acordo de cedência vigorará por 20 anos, sendo automaticamente renovável por períodos de 5 anos.

 

Mais de cinco anos depois, o protocolo vai ser assinado brevemente. A Câmara da Guarda vai assumir todas as despesas, do transporte à manutenção da máquina, passando pela sua reabilitação integral para fins expositivos.

 

O Município da Guarda vai “assumir os custos necessários para assegurar o fim mencionado”, o restauro da locomotiva, segundo fonte da autarquia.

 

FOTO: Locomotiva 294 a ser restaurada na Guarda

 

O acordo com o Museu Nacional Ferroviário para a cedência da locomotiva a vapor CP 294, de fabrico alemão (1913), que está em avançado estado de degradação, esteve quase três décadas ao abandono.

 

“A locomotiva a vapor da série 291 a 296 localizada na estação das Devezas – Vila Nova de Gaia, deverá ser movimentada para a Guarda onde será restaurada e colocada em exposição”.

 

“Pretende-se a recuperação do veículo, para efeitos expositivos, que envolverá trabalho profundo ao nível da carroçaria e revestimentos/superfície”.

 

A intervenção seguirá este Plano de Intervenção, sendo ajustável a situações imprevistas que possam surgir no decorrer dos trabalhos propostos.

 

Recorde-se que a proposta foi de Álvaro Amaro para ornamentar a rotunda junto ao Parque Urbano do Rio Diz, na zona da estação, com um exemplar que evocasse o caminho-de-ferro e homenageasse a componente ferroviária daquela zona urbana.

%d bloggers like this: