As notícias da Guarda mais perto de Si

Álvaro Amaro pede maior empenho da Ministra da Agricultura

 

A conferência sobre o Pacto Ecológico, foi uma iniciativa de Álvaro Amaro que contou com a participação de representante da Comissão Europeia, do Professor Universitário Luís Mira da Silva, e do agricultor Domingos dos Santos.

 

Álvaro Amaro sublinhou ontem a necessidade de “elaborar um plano estratégico da PAC equilibrado”, que “potencie a atividade agrícola”.

 

Para tal, considera absolutamente premente o “empenho do Governo e da Ministra da Agricultura na defesa do setor – com ações claras e concretas a começar em Bruxelas e a acabar no Terreiro do Paço”.

 

Os instrumentos de apoio comunitário da PAC, acionados para fazer face à pandemia, não foram distribuídos de igual modo, nem na medida necessária.

 

Exemplo disso “são as centenas de pequenas e médias empresas dos setores do vinho e regimes de qualidade, mas também de outras, como a pecuária bovina e suína, que não receberam ajuda proporcional às dificuldades que atualmente enfrentam”. “São estes sectores os que mais sofrem os desequilíbrios entre a oferta e a procura agroalimentar dos consumidores, que se alterou no contexto de pandemia, em consequência das fortes restrições impostas às indústrias turística e hospitaleira”, refere o eurodeputado.

 

“Sabemos bem que a situação nestes sectores é calamitosa e não ignorámos que continuará a produzir efeitos mesmo depois de ultrapassada a crise. Sabemos, também, que resiliência evidenciada pelo sector agrícola é mérito dos que dependem do campo para prover ao seu próprio sustento e que dele não arredaram apesar das condições adversas. Esta resiliência é notável. Mas não nos deve iludir: o sector é resiliente, todavia, os que sofreram o maior impacto da crise, carecem, efetivamente, de apoio urgente e suficiente para evitar o agravamento da sua situação. Os agricultores não nos deixaram à nossa sorte. Não se admite que a Comissão queira, agora, deixá-los à sua sorte”, adianta O Ex-Presidente da Câmara da Guarda.

 

Com esta mensagem o eurodeputado do PSD encerrou a segunda conferência do ciclo “A Agricultura como Setor Prioritário” e agradeceu as intervenções dos palestrantes: Hugo Almeida, da Direção Geral da Agricultura da Comissão Europeia, Luís Mira da Silva, professor do Instituto Superior de Agronomia, e Domingos dos Santos, agricultor e presidente da Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha (ANP). Agradeceu também o contributo do italiano, Herbert Dorfmann, eurodeputado e coordenador do PPE da Comissão da Agricultura, que se dirigiu aos conferencistas em mensagem de vídeo e enviada posteriormente à Comunicação Social.

 

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3