As notícias da Guarda mais perto de Si

Distrital da JSD critica PS Distrital por “impasse na apresentação dos candidatos do PS”

 

A JSD refere que o “PSD é e está forte! Com fortes críticas ao PS Distrital e à falta de capacidade destes para “apresentação dos candidatos do PS” no distrito da Guarda.   O PS tem “problemas do interior do seu partido, que vão sendo postos a descoberto, nomeadamente em Manteigas”. Acusam ainda “os socialistas” de lançar “apenas tiros de pólvora seca”.

 

“Aliás, o impasse na apresentação dos candidatos do PS indica que quem poderá estar carregado de fragilidades é mesmo o PS”, avançam os “Jotinhas laranja” do Distrito da Guarda.

 

“Hoje, o PSD tem candidato ao Município da Guarda, coisa que o PS não tem”. “Já sabíamos que o PS aposta em narrativas revisionistas de modo a lavar a sua face das suas próprias polémicas”, referem os Jovens Social-Democratas da Guarda.

 

A JSD distrital da Guarda critica o PS Distrital, que “nos últimos tempos, espalhava pelo distrito que o grande mal destas bandas eram as ditas tricas políticas no seio da Câmara Municipal da Guarda e a escolha dos candidatos do PSD”.

 

Ironicamente a “Ministra da Propaganda para o Interior, fazendo jus ao “nome” do seu ministério, vem à Guarda, envolta em pompa e circunstância, com direito a dois pajens Secretários de Estado para a escoltar, e assim entregar as chaves de unidades móveis de saúde adquiridas por todos, menos pelo seu Governo. Talvez a sua magnânima visita tenha sido preparada para nos fazer esquecer das suas promessas por cumprir. Lembremos os descontos das portagens e as obras no Hospital da Guarda”.

 

“Afinal, os socialistas lançavam apenas tiros de pólvora seca, com o intuito de enganar as pessoas, pois as verdadeiras munições há muito que se acabaram.”

 

“Nessa ótica, deveriam agora então preocupar-se com os problemas do interior do seu partido, que vão sendo postos a descoberto, nomeadamente em Manteigas, em que no meio de retiradas de confiança e lutas fratricidas, lançam na lama a instituição que a população lhes confiou gerir”, referem os jovens Sociais-Democratas.

 

A preparação que está a ser feita para as autárquicas consiste em apresentar aos cidadãos projectos inovadores e listas de pessoas com elevada preparação e qualificação.

 

A JSD Distrital da Guarda manifesta disponibilidade para “estar na linha da frente desse diálogo e da construção dos alicerces para a grande casa do centro-direita, prontos para derrubar o socialismo”. A concelhia da JSD da Guarda ainda não manifestou qualquer apoio ao candidato Carlos Chaves Monteiro.

 

FOTO(s): Comunicado da JSD Distrital da Guarda

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3