fbpx

Linha da Beira Baixa em marchas de testes entre Guarda – Covilhã

 

A Infraestruturas de Portugal (IP) informa que, a partir desta terça-feira, o troço entre a Guarda – Covilhã da Linha da Beira Baixa, será percorrido diariamente por composições ferroviárias, em marchas de formação.

 

Estas marchas de formação de maquinistas dos operadores ferroviários no troço Guarda-Covilhã da Linha da Beira Baixa, cujos trabalhos de modernização estão concluídos, são operados pela Medway entre hoje e 15 de abril.

 

Em comunicado, a IP refere que a partir de hoje, “o troço será percorrido diariamente por diversas composições ferroviárias a velocidades normais de circulação”.

 

“Nesse sentido alertamos a população para a necessidade de redobrar a atenção no atravessamento das 18 passagens de nível automatizadas existentes no troço e em funcionamento a partir dessa mesma data, e para o respeito pela sinalização”, de acordo com a nota enviada à comunicação social.

 

A IP, SA reforça que “é expressamente proibida a circulação de pessoas/animais/veículos no canal ferroviário” e “qualquer contacto acidental, ou aproximação do equipamento aéreo, mesmo por intermédio de jato de água, apresenta riscos de eletrocussão; qualquer cabo caído no solo deve ser sempre considerado em tensão.”

 

A Infraestruturas de Portugal alerta para os perigos decorrentes do início destes testes com marcha e recorda que se trata de um troço eletrificado em toda a extensão com uma tensão de 25.000 Volts.

 

 

%d bloggers like this: