fbpx

Jorge Liça acusa Federação do PS Guarda de “prejudicar fortemente a campanha” e avança com “impugnação”

 

Jorge Liça é militante do PS de longa data, e “contesta as notícias divulgadas pelo responsável da federação do PS da Guarda, sobre uma outra candidatura estranha à decisão da Comissão Política Concelhia para o cargo de presidente da câmara de Foz Côa”, em comunicado e avança com ”impugnação” não excluindo a possibilidade de avançar para outras instâncias no “contencioso” jurídico.

 

“A notícia foi fundamentada numa decisão do secretariado Distrital que é ilegítima à luz dos estatutos” do PS. Por esse facto “foi ontem apresentada, à comissão de jurisdição do PS Guarda, uma ação de impugnação da deliberação do secretariado para avocação do processo de escolha do candidato do PS a Foz Côa”, por erro grosseiro e por este órgão não ter competência para avocar processos de decisão autárquicos.

 

A concelhia do PS de Foz Côa, considera que a ação do secretariado federativo “já prejudicou fortemente a campanha” e colocou em causa “a preparação das próximas eleições autárquicas, irá aguardar pela conclusão deste processo de contencioso” que terminará “repondo a legitimidade democrática e estatutária da escolha” de Jorge Liça, avança a concelhia do PS de Vila Nova de foz Côa.

 

 

Jorge Marçal Liça é o candidato do PS à Câmara de Foz Côa escolhido pela concelhia do PS de Vila Nova de Foz Côa. Tendo inclusivamente convidado Ana Mendes Godinho para candidata a Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Foz Côa.

 

Jorge Manuel Pais Marçal Liça, tem 64 anos, nasceu em Vila Nova de Foz Côa. Estudou no Porto, é licenciado em Engenharia Eletrotécnica e tem uma pós-graduação em Economia Política. Frequentou o doutoramento em Ciência Política e foi presidente do Colégio de Engenharia Eletrotécnica da Ordem dos Engenheiros.

 

 

%d bloggers like this: