As notícias da Guarda mais perto de Si 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3

Suspeito de violência doméstica na Mêda foi detido e fica sob vigilância eletrónica

 

Um homem foi detido pela GNR da Mêda, no distrito da Guarda, por reincidência em maus tratos e agressões à mulher e está agora proibido de se aproximar da vítima, vigiado por pulseira eletrónica, informou hoje fonte policial.

 

Em comunicado, a GNR refere que a medida de coação foi aplicada por um juiz de instrução criminal de Vila Nova de Foz Côa ao arguido, de 43 anos, após detenção por indícios de que “exercia violência física e psicológica sobre a vítima, sua mulher”, da mesma idade.

 

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da Guarda, no dia 23 de abril, deteve um homem de 43 anos por violência doméstica, no concelho da Mêda.

 

No âmbito de uma investigação por “violência doméstica que decorria há três dias, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a vítima, sua mulher de 43 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção”.

 

O suspeito, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foi presente ao Tribunal Judicial de Foz Côa, ficando sujeito à medida de coação de proibição de contactar a vítima por qualquer meio ou forma, controlado por pulseira eletrónica.

 

 

 

#violenciadomestica #gnr #crime #guarda

 

 

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).