fbpx

BE: Guarda promove “valores antidemocráticos” no 25 de abril

 

O Deputado Municipal do Bloco de Esquerda (BE), Marco Loureiro crítica o modelo “escolhido pelo executivo camarário para assinalar esta importante data” do 25 de abril.

 

“No dia que se comemorou o 47º aniversário do “25 de abril”, o Grupo Municipal do BE na Assembleia Municipal da Guarda, lamenta e contesta” afirma o Deputado Municipal.

 

“Recordamos que desde que o PSD lidera o executivo Guardense (2013-2017; 2017-2021), só foi permitido por duas vezes, que todos os partidos com assento parlamentar, tivessem o mesmo direito a discursar durante a sessão solene”.

 

“Infelizmente, contrariando o ano anterior, o executivo optou por escolher quem falava e quem não falava. Para o Bloco de Esquerda, tal decisão relembra os valores antidemocráticos do passado, quando devíamos estar todos a comemorar os valores de abril, onde a diversidade política deve ser respeitada, garantindo a todos a mesma igualdade na participação política”, avança o BE.

 

Assim o Bloco de Esquerda refere que “neste sentido e como forma de protesto, o Bloco de Esquerda não se fez representar na cerimónia oficial das comemorações do 47º aniversário do 25 de abril”.

 

O Poder Local em particular a Câmara Municipal da Guarda, não pode de forma alguma, criar e promover modelos representativos que excluam outras forças políticas, mostrando um total desrespeito pelas escolhas dos Guardenses!