As notícias da Guarda mais perto de Si

Distrito da Guarda e o 47 aniversário do 25 de abril

 

Na Guarda, o presidente da autarquia Carlos Chaves Monteiro promete a criação de “900 empregos na Guarda” ainda durante 2021. Pode acompanhar a galeria de fotos das comemorações do 47 º aniversário pela lente dos próprios intervenientes no Distrito da Guarda:

 

This slideshow requires JavaScript.

 

A sessão ficou marcada pela ausência do Bloco de Esquerda nas comemorações oficiais. “No dia que se comemorou o 47º aniversário do “25 de abril”, o Grupo Municipal do BE na Assembleia Municipal da Guarda, lamenta e contesta” e “recordamos que desde que o PSD lidera o executivo Guardense (2013-2017; 2017-2021), só foi permitido por duas vezes, que todos os partidos com assento parlamentar, tivessem o mesmo direito a discursar durante a sessão solene”. O Município da Guarda “contrariando o ano anterior, o executivo optou por escolher quem falava e quem não falava”, referem os bloquistas.

 

Em Seia, o Deputado do movimento independente deu uma aula de “Democracia” ao PS e PSD local, Albano Figueiredo falou sobre a  “liberdade em Seia, em discurso na sessão de Assembleia Municipal comemorativa do 25 de Abril”.

 

“Na Liberdade que Eduardo Ambrósio denunciou em público não existir no seio do PS local, antes revelando este distinto socialista ao mundo, alto e bom som, o medo – sim, o medo – e a pressão insuportável para que senenses socialistas, que deveriam no ano da graça de 2021 ser totalmente livres pelo espírito de abril, não pudessem com ele encontrar-se, com ele trocar pontos de vista e com ele iniciar uma nova caminhada a salvo do jugo de um aparelho do PS local anquilosado, esgotado e sem capacidade real de defender os grandes e decisivos interesses da comunidade? “, refere o deputado Municipal.

 

“Na Liberdade que a Comissão Política de Secção do PSD de Seia, que recentemente se demitiu, disse em público não ter tido na prática nem ter existido para que fossem os militantes sociais-democratas do Concelho de Seia a escolher quem verdadeiramente queriam como seu candidato à autarquia, tendo antes “levado” com um candidato, que ainda que senense, foi escolhido fora de Seia, porventura em Gouveia ou na Guarda, como se ouve também dizer pela boca de muitas laranjinhas do nosso Concelho?”.

 

Em Aguiar da Beira o Município premiou, “a dedicação e o esforço dos alunos do Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca, atribuindo os Prémios de Mérito Escolar (ano letivo 2019/2020) e os Prémios de Acesso ao Ensino Superior”.

 

Depois da sessão comemorativa na Assembleia Municipal de Almeida, realizada no Auditório Municipal em Almeida, foi efetuada a “entrega de um ramo de cravos no monumento evocativo da data de 25 de abril de 1974 sob apresentação de Armas do GRHMA, no respectivo Largo 25 de Abril em Almeida”.

 

Em Celorico da Beira “as comemorações iniciaram-se junto aos Paços do concelho, onde foram hasteadas as bandeiras. No ato esteve presente o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, a Presidente da Assembleia Municipal, Denise Fragona, o Comandante do Posto Territorial da GNR de Celorico da Beira, Márcio Cosme e vários elementos do executivo municipal”.

 

“O ato solene terminou com a deposição de uma coroa de cravos junto à estátua do soldado de abril, no jardim de Santa Eufémia e onde se prestou a devida homenagem, aos militares/soldados promotores da revolução que alargaram os horizontes ao povo português e lhes devolveu a capacidade de viver e sonhar em liberdade”, avançou o Município de Celorico da Beira.

 

Em Figueira de Castelo Rodrigo, as comemorações foram transmitidas online e com a presença de todos os membros da oposição. As Comemorações 25 de Abril tiveram o momento alto com a “homenagem aos militares”.

 

Em Fornos de Algodres, o município no dia comemorativo da Revolução dos Cravos, assinalou as comemorações do 47º aniversário do 25 de abril de 1974, com “mensagens das Bancadas Partidárias representadas em Assembleia Municipal”, publicadas inclusivamente na página das redes sociais do município. A liberdade foi também assinalada desta forma online.

 

Em Gouveia, no “Dia da Liberdade içámos Bandeiras, cantámos o Hino Nacional e assinalámos os 45 anos da aprovação da Constituição da República e da institucionalização do Poder Local democrático com a evocação de duas proeminentes figuras da nossa terra: Fernão Botto Machado e Alípio de Melo”.

 

Em Manteigas, foi efetuada a “Transmissão em direto na página oficial do Facebook das comemorações. Foi ainda realizado um concerto” comemorativo online do 25 de Abril.

 

Na Mêda, foi transmitido em direto da Casa da Cultura, “celebramos o 47º Aniversário do 25 de Abril com a inconfundível voz do Carlos Pedro”.

 

Em Pinhel, o Presidente da Câmara Rui Ventura referiu o “papel e a importância das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho na rede de apoio social às populações”. Na sessão Solene, usaram da palavra os representantes dos grupos parlamentares do Partido Socialista, Gonçalo Cruz, e do Partido Social Democrata, Hugo Coelho, a Presidente da Assembleia Municipal de Pinhel, Ângela Guerra, e o fecho da sessão, foi efetuado pelo Presidente da Câmara Municipal.

 

Em Trancoso, o dia 25 de abril de 2021 a revolução dos cravos foi celebrada em formato online, teve lugar, pelas 10h30 da manhã do dia 25, uma sessão evocativa no Salão Nobre dos Paços do concelho, com a participação de todos os partidos com representação parlamentar municipal.

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).