fbpx

BMEL promove Eduardo Lourenço até junho

 

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL) da Guarda vai apresentar em maio e junho a obra do seu patrono – Eduardo Lourenço, com uma exposição e um espetáculo de arte performativa e cénica, entre outras iniciativas.

 

A Câmara Municipal da Guarda refere em comunicado enviado à agência Lusa que maio “continua a ser o mês de Eduardo Lourenço” na BMEL.

 

Pode consultar a agenda que “evoca o patrono no mês do seu nascimento, dedicando-lhe algumas atividades”.

 

O filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço dá o nome à Biblioteca Municipal, nascido a 23 de maio de 1923, em São Pedro de Rio Seco, uma aldeia do concelho de Almeida, do distrito da Guarda, frequentou o Curso de Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra onde concluiu a licenciatura com uma dissertação com o título “O Sentido da Dialética no Idealismo Absoluto.

 

A BMEL promove ainda, a partir de 20 de maio até 30 de junho, uma mostra de serigrafias da autoria dos alunos de artes da Escola Secundária da Sé, com o nome “Olhares sobre Eduardo Lourenço”.