As notícias da Guarda mais perto de Si 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3

União de Sindicatos saúda reabertura da Linha da Beira Baixa

 

A estrutura sindical afetada à CGTP, União de Sindicatos de Castelo Branco – USCB, saudou a reabertura da Linha da Beira Baixa no troço entre a Covilhã e a Guarda, que estava encerrado desde 2009 e que reabriu à circulação este domingo.

 

Em nota enviada à imprensa a USCB refere que o está em causa é a resposta a uma antiga “exigência de mais de uma década” e apenas lamenta “o tempo que se perdeu com indefinições e atrasos nas obras de requalificação da linha e que originaram prejuízos económicos, sociais e ambientais”.

 

A USCB refere que sempre colocou “a requalificação, modernização e rentabilização da linha da Beira Baixa até à Guarda como uma questão estratégica para o desenvolvimento integrado do Interior do país e para a facilitação da ligação do distrito de Castelo Branco ao Litoral Norte e à Europa, via Vilar Formoso e Espanha” como uma prioridade.

 

“Ainda recentemente, face aos inaceitáveis atrasos nas obras da Linha da Beira Baixa, voltámos a exigir a requalificação e eletrificação integral da via-férrea entre a Covilhã e a Guarda, adequando os horários e garantindo a via ferroviária internacional e a reposição do comboio intercidades Guarda-Lisboa-Guarda (via Castelo Branco) e a ligação por intercidades entre a Covilhã e Coimbra, ligação que, lemos, tem o apoio e também é exigida pelo Município da Covilhã”, avança a estrutura sindical.

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).