fbpx

Sérgio Costa lidera candidatura “abrangente” à Câmara da Guarda

 

Sérgio Costa anunciou hoje a sua demissão da Presidência da concelhia do PSD e abandona o PSD Guarda. Porque a “Guarda precisa de uma voz independente” e Sérgio Costa vai liderar uma candidatura “abrangente” com “todos aqueles que não se reveem nos partidos”.

 

A candidatura independente será o que a “Guarda precisa” a aposta passará pelo “partido da Guarda” não temos medo e “vamos a votos”.

 

O vereador Sérgio Costa vai passar a vereador “independente” no executivo municipal e vai cumprir o mandato até ao fim.

 

Sérgio Costa na despedida do PSD acusa a distrital de “nunca terem explicado” a escolha de Carlos Chaves Monteiro para candidato do PSD em 2021.