fbpx

5 novas EPIs na Guarda para Combate a Incêndios Rurais

 

O Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) no distrito da Guarda foi este ano reforçado com a criação de cinco novas equipas de Intervenção Permanente (EIP), disse à agência Lusa o Comandante Operacional Distrital.

 

Segundo o Comandante Operacional Distrital (CODIS), António Fonseca, o dispositivo deste ano conta com mais cinco EIP constituídas por bombeiros profissionais “que trabalham em exclusivo” para as respetivas associações humanitárias.

 

Foram criadas EIP nos corpos de Bombeiros Voluntários de Soito (Sabugal), Sabugal, Guarda, São Romão (Seia) e Loriga (Seia), aumentando para 24 o número total de equipas nos 14 concelhos do distrito da Guarda.

 

O DECIR possui, este ano, no quarto nível de empenhamento (entre 01 de julho e 30 de setembro) um total de 728 efetivos e 154 veículos.

“Apenas dois corpos de bombeiros não têm EIP – Folgosinho e Melo [no concelho de Gouveia]”, disse António Fonseca.

 

Com os restantes meios existentes nas associações humanitárias vão estar disponíveis, diariamente, “cerca de 64 equipas” para combate aos incêndios rurais na área do distrito da Guarda.

 

De acordo com o CODIS, no distrito da Guarda, também são ativadas equipas noturnas “para aproveitar a maior disponibilidade de bombeiros durante a noite”.