As notícias da Guarda mais perto de Si 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3

PSD acusa Governo de enganar utentes da A23 com desconto de 30% em vez de 50%

 

O deputado do PSD, Duarte Marques, acusa o governo de enganar os portugueses e em especial os utentes da A23 ao aplicar um desconto de apenas 30% nas portagens quando este deveria ser de 50%.

 

Para Duarte Marques “o Primeiro-Ministro recorreu a um truque, antes de aplicar os 50% anulou os descontos que já estavam em vigor. Enganou as pessoas. Isto é uma fraude política do Governo”, refere no comunicado enviado à Comunicação Social.

 

Duarte Marques refere que momentos antes de o Governo implementar a decisão aprovada na Assembleia da Republica para a redução  das portagens, anulou os descontos anteriores em vigor de forma a aplicar o desconto de 50% sobre o valor inicial e não ao valor da portagem no momento da aprovação pelo Parlamento e que até 30 de junho os utilizadores da A23 estavam a pagar.

 

Dá como exemplo, num troço em “que iríamos pagar 1,05€. A concessionária cobra 1,5€. Porque, entretanto, o governo acabou com os descontos que o próprio governo tinha implementado nos anos anteriores”.

 

O deputado refere que “isto é uma aldrabice do Governo, feita de forma desonesta e uma traição, quer ao povo quer ao Parlamento”.

 

Numa declaração no parlamento, o Deputado eleito pelo Circulo Eleitoral da Guarda, Carlos Peixoto questionou, na quinta-feira, dia 1 de julho, em que entraram em vigor as novas tarifas aprovadas para as ex-SCUT, as descidas de preço, na maioria dos troços, foram de 42% a 48% e não de 50%, como a lei determina.

 

Carlos Peixoto exigiu depois imediatas explicações do Governo sobre as razões de ter reduzido as portagens entre 42 e 48% e não em 50%.

 

“Estes valores podem não significar muito, mas a matemática, o rigor e a seriedade são o que são. O Governo não está a ser sério e tem de explicar”, referiu Carlos Peixoto.


 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).