As notícias da Guarda mais perto de Si

DGS vai começar a informar se mortes por Covid-19 são de pessoas vacinadas (ou não)

Na conferência de imprensa de hoje, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, referiu que a Direção-Geral da Saúde (DGS) vai passar a divulgar se as mortes por Covid-19 são de pessoas vacinadas ou não. A informação vai passar a estar presente nos boletins periódicos sobre o estado da pandemia em Portugal.

“Tem havido uma mortalidade diária que é conhecida de todos, que ronda os 17-20 casos, que ocorre predominantemente em pessoas muito idosas e em pessoas muito doentes», explicou Graça Freitas. «Estas pessoas pertencem a três grupos diferentes: há pessoas que têm duas doses de vacina, o que não é de estranhar porque a vacina não é totalmente efetiva; depois, há pessoas que têm apenas uma dose da vacina; e há algumas pessoas que não têm nenhuma dose da vacina”, acrescentou.

Graça Freitas declarou ainda que a “maior parte das pessoas (que têm morrido) tem as duas doses da vacina”.

No entanto, sublinhou que a estatística é “expectável para a efetividade da vacina”, tendo em conta que a variante Delta, para a qual a vacina oferece uma proteção inferior, é predominante no país.

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).