As notícias da Guarda mais perto de Si

António Costa na Guarda para anunciar Comando Nacional do GIPS


António Costa Secretário-geral do PS estará na Guarda no próximo Domingo, pelas 15:00 horas, inicialmente agendado para a Praça velha para anunciar que o comando nacional da nova Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR ficará sediado na Guarda.

O Secretário-geral do PS, António Costa, participa numa ação de pré-campanha autárquica com os candidatos do Partido Socialista à presidência de Câmaras Municipais no dia 04 pelas 21:00 estará em Viseu a apoiar João Azevedo, no domingo, 05 de setembro na Guarda pelas15:00 horas a apoiar Luís Couto, e pelas 17:00 horas estará na Covilhã a apoiar Vitor Pereira, com comício agendado para o Largo da Infantaria 21 na cidade da Covilhã.

O comando nacional da nova Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR, que sucedeu ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), vai ficar “instalado na cidade da Guarda, tinha anunciado a 9 de outubro de 2020 o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita”.

António Costa estará na Guarda no âmbito da pré-campanha autárquica e por questões operacionais, a sessão inicialmente agendada para a Praça Velha foi transferida para o Parque Urbano do Rio Diz na mesma data.

António Costa vai continuar a apostar na instalação de novos serviços públicos no distrito da Guarda, nomeadamente o Centro Nacional de Educação Rodoviária, a Unidade de Intervenção e Proteção da GNR, o Arquivo do Registo Automóvel e criação do Centro Nacional de Turismo do Interior com sede na cidade da Guarda.

O Centro Nacional de Turismo do Interior “estará pendente de uma decisão da CCDRC Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, tendo tido já luz verde da atual Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques”, segundo fonte do Governo.

Até às eleições de 26 de setembro, o Secretário-geral do PS irá estar em mais de quarenta locais, de norte a sul do país, marcando presença em todos os distritos e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, apesar da sua disponibilidade estar condicionada pelo exercício de funções de primeiro-ministro, pelo que as ações de campanha estarão concentradas aos fins-de-semana e à noite durante a semana.

O objetivo do Partido Socialista para as próximas eleições autárquicas é consolidar os resultados das últimas eleições (2013 e 2017), mantendo a presidência da Associação Nacional de Municípios Portugueses e da Associação Nacional de Freguesias. O Partido Socialista apresenta-se nos 308 concelhos do país a eleições.

Além das 308 candidaturas a Câmaras Municipais (278 no Continente, 11 na Madeira e 19 nos Açores), o PS irá, ainda, concorrer a 2.759 freguesias. Das 308 candidaturas a Câmaras Municipais, o PS integra 6 coligações, apoia 9 candidaturas independentes e apresenta 51 cabeças de lista independentes.


(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).