As notícias da Guarda mais perto de Si

Encerramento do Projecto Artéria em Belmonte



A Rede Artéria nasceu para oferecer programação cultural aos Municípios de Belmonte, Coimbra, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, MunicipiovOurem, Tábua e MunicipioViseu. Promoveu espetáculos, debate e a partilha de ideias e soluções para o presente e futuro.

“No seminário em que se faz o balanço e perspectiva o futuro, sabemos que a Rede Artéria fez e continua a fazer #coesão. Ao atrair pessoas e criar emprego, estes projetos ajudam a combater assimetrias regionais, demonstrando que a cultura é essencial para dinamizar as sociedades”.

O Seminário que marcou o encerramento do projecto Rede Artéria, que criou espectáculos em oito concelhos da Região Centro, decorreu em Belmonte e debateu o papel da cultura na dinamização do interior.

Na quinta e sexta-feira passada, reúniram-se em Belmonte sociólogos, filósofos, economistas, agentes culturais e responsáveis políticos para falar sobre cultura e a interioridade. “Estratégias para inventar o futuro: o interior em análise no pós-pandemia” é o mote do seminário que marca o encerramento da Rede Artéria, um projeto de criação artística coordenado pela companhia de Coimbra O Teatrão e que arrancou em 2018. A rede funcionou entre Guarda, Belmonte, Figueira da Foz, Tábua, Fundão, Viseu e Coimbra.



(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).