As notícias da Guarda mais perto de Si

António Costa defende “ponto final” na precariedade laboral

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu ontem na Covilhã que é preciso por “ponto final” à precariedade laboral e frisou que a agenda para o “trabalho digno” já foi apresentada à concertação social.

António Costa discursava durante uma ação de pré-campanha na Covilhã, distrito de Castelo Branco, onde participou na apresentação do candidato socialista ao município da Covilhã, Vítor Pereira, que se recandidata ao cargo. Referindo que os próximos 4 anos “não são tempo de aventuras” e que por isso se “deve confiar em quem já provou noutros mandatos que merece a confiança” para ser reeleito, apelando ao voto em Vitor Pereira nestas autárquicas de 2021.

O secretário-geral do PS, António Costa, referiu que é preciso colocar um “ponto final” à precariedade laboral e frisou que a agenda para o “trabalho digno” já foi apresentada à concertação social.

“(…) Esperemos que rapidamente se chegue a acordo com os parceiros sociais de uma agenda para o trabalho digno e com direitos, que ponha termo à exploração, aos baixos salários, à falta de conciliação entre a vida pessoal, profissional e familiar e que ponha, sobretudo, ponto final nesta regra da precariedade”, referiu o Secretário-geral do PS.

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).