As notícias da Guarda mais perto de Si

Ambiente de pré-campanha na AM impede Urbanização da Quinta do Cabroeiro

 


 

A Assembleia Municipal (AM) da Guarda retirou da ordem de trabalhos a aprovação do plano de urbanização da Quinta do Cabroeiro, com objetivo da construção da Alameda dos F’s.

 

A Assembleia Municipal decorreu esta quinta-feira no Teatro Municipal da Guarda, estando os deputados em clima “pré-eleitoral” , chumbaram a oportunidade de discução do plano de pormenor da quinta do Cabroeiro, entre o Bairro da Luz – Parque Industrial da Guarda – Piscinas Municipais. A obra fazia parte do programa eleitoral da primeira equipa do PSD na Câmara da Guarda, liderada por Álvaro Amaro.

 

Carlos Chaves Monteiro propôs-se cumprir a promessa eleitoral de 2013. A empreitada estáva prevista para o “final deste ano ou início do próximo”.

 

O deputado municipal do CDS-PP, Henrique Monteiro, solicitou a retirada do documento da ordem de trabalhos alegando “falta de informação” e epossibilidade de existência de “vícios e ilegalidades insanáveis”.

 

Recorde-se que o CDS fazia parte da Coligação em 2013 (CDS-PSD) encabeçada por Álvaro Amaro. Coligação que também era apoiada por alguns dos atuais candidatos na lista do PS à Câmara Municipal da Guarda em 2021.

 

O requerimento apresentado pelo CDS para retirar a proposta da discussão do dia, teve 29 votos a favor, e 29 votos contra e 3 abstenções – empate. Havendo empate na votação, a presidente da Mesa da Assembleia Municipal, Cidália Valbom que inicialmente tinha votado favoravelmente o requerimento de retirada do ponto da ordem de trabalhos, exerceu o voto de qualidade mantendo o mesmo sentido de voto que na votação inicial e o “processo foi adiado”.

 

Considerando inicialmente uma derrota para o atual executivo municipal, em pré-campanha, o adiamento desta discussão para depois das eleições autárquicas irá atrasar a obra da Alameda dos 5 F´s que liga a rotunda da “Ti Jaquina” à rotunda das “Piscinas” melhorando os acessos do Bairro da Luz e do Bairro Senhora dos Remédios. A coligação negativa na Assembleia Municipal desta quinta-feira remete o processo de urbanização da Quinta do Cabroeiro para depois das eleições autárquicas, para o novo executivo a eleger e para análise da nova composição da Assembleia Municipal da Guarda. Sem o Plano de Urbanização da Quinta do Cabroeiro a obra da Alameda dos 5 F´s não irá avançar.

 


(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).