As notícias da Guarda mais perto de Si

UBI vai avaliar imunidade à Covid-19 na Cova da Beira

 


A UBI – Universidade da Beira Interior na Covilhã vai efetuar um estudo destinado a perceber a evolução da imunidade à doença e investigar novas formas de diagnóstico.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).

 

O Centro de Investigação em Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (CICS-UBI) encontra-se a desenvolver o projeto CICS4COVID – Testar, Rastrear e Inovar no Diagnóstico da COVID-19, que visa avaliar a imunidade contra a Covid-19 e a sua evolução temporal na população da Cova da Beira.

 

O estudo contará com a participação de voluntários adultos, aos quais serão realizadas colheitas de sangue aos 1, 3, 6 e 12 meses após vacinação completa e/ou confirmação da infeção, para avaliação da imunidade ao SARS-CoV-2 (determinação de anticorpos do tipo IgG).

 

Poderão participar adultos que consintam na recolha de sangue, colaborando de forma totalmente voluntária e que pode ser interrompida em qualquer fase do estudo. O estudo não tem nenhum risco expectável, além do associado ao processo de obtenção da amostra, através da colheita de sangue.

 

Além do benefício direto para os voluntários no que diz respeito ao conhecimento da sua imunidade ao SARS-CoV-2, a participação terá também o benefício indireto de contribuir para o desenvolvimento de um novo método de diagnóstico da COVID-19 e para o conhecimento da imunidade para o SARS-CoV-2 na população da Cova da Beira.

 

“Face a esta nova fase da pandemia é crucial implementar estratégias para avaliar a evolução da imunidade da população, assim como desenvolver métodos de diagnóstico alternativos”, referem os investigadores do projeto.

 

O estudo é coordenado pelo docente e investigador da Faculdade de Ciências da Saúde, Cláudio Maia, e envolve ainda os investigadores do CICS-UBI Ana Palmeira de Oliveira, Cândida Tomás, Carla Cruz, Carlos Gaspar, Graça Baltazar, Miguel Castelo-Branco e Sílvia Socorro. O projeto conta ainda com a participação de André Miranda, Paula Soares e Marília Figueira, bolseiros de investigação contratados através do projeto.

 

O CICS4COVID é cofinanciado na sua componente de Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional Regional do Centro, e na sua componente nacional pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

 

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter).