As notícias da Guarda mais perto de Si

Paulo Rangel “temos de ser céleres e rápidos” na Justiça

 

O eurodeputado e candidato à liderança do PSD Paulo Rangel foi recebido hoje numa unidade hoteleira da Guarda, por mais de quatro dezenas de militantes do Distrito da Guarda em campanha eleitoral interna para a liderança do PSD nacional.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).

 

Paulo Rangel afirmou na Guarda que em vez de uma reforma da Justiça, o país precisa de “uma Justiça rápida”, sublinhando que se ganhar as eleições será “uma alternativa clara” ao PS.

 

 

“Nós temos de tornar a Justiça célere. O PSD fala muitas vezes na reforma da Justiça, mas meus caros amigos, aí eu discordo completamente do meu adversário interno”, disse Paulo Rangel no encontro com os militantes da Guarda.

 

“A reforma da Justiça que nós precisamos não é a reforma dos Conselhos Superiores do Ministério Público ou do Conselho Superior da Magistratura. Não é essa. A reforma que nós precisamos é ter uma justiça rápida. Que as empresas não esperem oito, nove, dez anos por uma decisão sobre impostos. Que as empresas não esperem oito, nove, dez anos, ou os particulares ou a administração, por decisões dos Tribunais Administrativos. Que uma insolvência não leve quatro ou cinco anos, disse”.

 

“Quando a maquinaria não serve para nada, quando os trabalhadores já tiveram que ir definitivamente embora para outros ramos, porque senão morriam à fome, quando os credores nem sequer foram minimamente pagos, as instalações estão degradadas é que nós vamos recuperar a empresa?”, questionou o atual candidato à liderança do PSD nacional.

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3