As notícias da Guarda mais perto de Si

ASAE multa parques infantis da “Guarda-Gare” e “Castelos Velhos”

 

A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica instaurou dois processos de contraordenação ao Município da Guarda, após fiscalização dos parques infantis, revelou Sérgio Costa.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).

 

“A Câmara da Guarda foi notificada pela ASAE, nos termos da lei, para interditar ou remover imediatamente dois parques infantis da cidade”, avançou Sérgio Costa.

 

O Presidente da Câmara da Guarda no final da última reunião do executivo, realizada na segunda-feira, referiu que foram interditados pela ASAE os parques infantis da Rua do Povo, na zona da Guarda-Gare e dos Castelos Velhos, que “vão ser rapidamente interditados ou removidos” pela autarquia.

 

“Sabem em quanto é que já vão as multas possíveis para a Câmara da Guarda, neste momento? 120 mil euros. A Câmara da Guarda já está notificada em multas, na ordem dos 120 mil euros, por não arranjar os parques infantis. Quem é que vai pagar isto? Porque é que isto não foi feito a tempo e horas? De quem era essa competência? Querem lá ver que agora já é de um vizinho?”, questionou Sérgio Costa, o independente eleito em 26 de setembro Presidente da autarquia.

 

Segundo o presidente independente, referiu que o município pagou cinco mil euros das primeiras multas “por não ter sido feita uma resposta dentro dos prazos legais”.

 

“E os restantes 115 [mil euros] conducentes aos cerca de 120 mil, vamos ver se nós ainda conseguimos retroceder nas multas. Mas estamos a falar em 120 mil euros em multas que a Câmara da Guarda já tem às suas costas, a seu cargo, por não ter reabilitado os parques infantis”, referiu.

 

Sérgio Costa sublinhou que tinha sido preferível o Município da Guarda gastar 120 mil euros a recuperar os parques infantis”, admitindo tratar-se de “um caso grave de negligência política”.

 

“E veremos se não haverá outras instâncias a falar sobre outros tipos de negligência nesta matéria, porque está em causa a segurança dos nossos filhos e dos nossos netos, dos nossos vizinhos, dos nossos amigos. Foi completamente negligenciada a sua segurança”, sublinhou o Presidente independente.

 

Sérgio Costa afirmou que o “que vai acontecer, em grande parte dos parques infantis da cidade, é que vão ter que ser todos rapidamente interditos ou removidos e fazer-se rapidamente uma empreitada com vista à sua requalificação e à sua recuperação”.

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3