As notícias da Guarda mais perto de Si

PS aprova orçamento a “Independentes” na Guarda

Publicidade

 


A Câmara da Guarda aprovou hoje o orçamento para 2022, de 63,42 milhões de euros, mais 12,32 milhões do que o deste ano. O independente Luís Couto eleito vereador pelo Partido Socialista (PS) votou favoravelmente o orçamento de 2022 do Município da Guarda ao lado dos três eleitos pelo movimento independente P´la Guarda.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).


 

A Câmara Municipal da Guarda aprovou hoje por maioria na reuniao do executivo, o orçamento municipal para 2022 no valor de 63,42 milhões de euros, com os três votos dos eleitos pelo movimento independente “P´la Guarda” e com o voto favoravél do vereador do PS Luís Couto e a abstenção dos três vereadores do PSD, Carlos Monteiro (ex-presidente), Lucília Pina e Victor Amaral (Ex-vice-presidente).

 

O orçamento de 2022 tem um acréscimo de 12,32 milhões de euros relativamente ao ano anterior. O orçamento de 2021 do Município da Guarda ficou marcado por uma baixa taxa de execução. As contas do ano de 2021 do Município da Guarda ficam marcadas por um resultado negativo do exercício.

 


Recorde-se que o orçamento camarário de 2021, no valor de 51,1 milhões de euros (51,8 milhões de euros em 2020) foi aprovado por maioria com os votos contra dos dois vereadores do PS no anterior executivo Cristina Correia e Manuel Simões e com a abstenção do vereador social-democrata à data sem pelouros, Sérgio Costa. O último orçamento que Sérgio Costa atual Presidente da Câmara da Guarda viabilizou, foi o orçamento de 2020.

 


(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3