As notícias da Guarda mais perto de Si

CDS vai fechar sede da Guarda

Publicidade

 

A atual direção do CDS relata uma situação financeira “difícil” e a sede da Guarda vai fechar.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).

 

Num comunicado da direção nacional do CDS enviado às distritais, a que a guardanoticias.pt teve acesso refere que “Importa, desde já, esclarecer que essa possibilidade [de manter as sedes físicas a funcionar] obriga ao pagamento de todas e quaisquer despesas dos locais supramencionados a ser realizado através de donativo ao Partido”, pode ler-se. As sedes distritais tinham de ter “avisado” a direção nacional até ao passado dia 15 de fevereiro.

Publicidade

 

Publicidade

 

Segundo fonte do partido “o CDS é dos únicos partidos que não cobra quotas aos militantes”, e “não sendo o pagamento obrigatório para votar” afigura-se difícil o partido manter a sede ativa.

 

No dia das eleições internas no CDS, a herança política não é a única herança pesada. O CDS nacional tem uma dívida financeira à banca e aos fornecedores terá sido herdada da direção de Assunção Cristas.

 

Após os “maus resultados eleitorais” a receita emagreceu, e a estrutura tem de emagrecer também de forma “inevitável”, mas algumas despesas mantêm-se “água, luz, e telecomunicações”. Mas há outras despesas que estão a ser alvo de cortes.

 

Há várias sedes de distritais e concelhias que são património do CDS. Quanto às que estão sediadas em espaços alugados, vão ter de ser autossustentáveis, as despesas “têm de ser sustentadas pela estrutura local”. E revela que “caso não consigam” essa sede “fecha”.

 

A distrital de Viseu, decidiu fazer uma “vaquinha” para manter a sede distrital, sendo que a arrendatária do espaço é a Santa Casa da Misericórdia de Viseu.

 

Segundo fonte da Direção Nacional do CDS, “Foi-me comunicada a decisão de não manutenção da sede física” [Guarda]. “Sem disponibilidade dos militantes para partilhar as despesas, sendo que a sede distrital da Guarda é partilhada com a concelhia. O espaço na Rua António Sérgio deve ser esvaziado “no final do mês”, revela a fonte.

 

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

 

Publicidade

 

 

Publicidade
(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3
%d bloggers like this: