As notícias da Guarda mais perto de Si

Museu da Covilhã recebe Prémio Museu do Ano 2022

Publicidade

 

 

O Museu Municipal da Covilhã foi distinguido com o Prémio Museu do Ano 2022.

 

(Leia o artigo até ao fim – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda mais perto de si).

 

A informação foi avançada à agência Lusa, pela coordenadora do espaço, Sandra Ferreira, que detalhou ainda que este número corresponde a uma média mensal de cerca de 700 pessoas.

Publicidade

 

 

O Museu Municipal da Covilhã recebeu 6.500 visitantes desde agosto do ano passado, altura em que abriu portas (ver aqui). O número máximo de visitantes foi atingido em maio, num dia em que passaram pelo local 142 visitantes, entre visitas programadas e visitantes isolados.

 

“É um número que nos enche de orgulho porque mostra que conseguimos criar um museu interessante, que cativa o visitante e que passa a mensagem”, segundo Sandra Ferreira.

 

Publicidade

 

Sandra Ferreira observou que as reações são positivas e que têm sido registadas no livro de sugestões do museu.

 

“Já tivemos casos de crianças que vieram em grupos escolares e regressaram com os pais e de outras pessoas que também regressaram porque foram saber mais sobre um aspeto e quiseram ver um determinado objeto em detalhe e também temos aqueles visitantes que vêm pela primeira vez, mas por indicação de alguém que já visitou”, sublinhou a responsável que alguns visitantes do espaço são repetentes, o “nosso melhor testemunho vem de uma jovem que perdeu a visão e que no fim desta vista chorou de emoção”.

 

Relativamente à proveniência geográfica dos visitantes, para “além dos visitantes do concelho e do país”, [o museu] “também tem recebido turistas de outras nacionalidades, estando os brasileiros e os espanhóis em maior número”.

 

Publicidade

 

Questionada sobre o galardão que foi atribuído pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM) ao museu do qual é coordenadora, Sandra Ferreira garantiu que o mesmo é “mais uma motivação para continuar o trabalho” que ali tem sido desenvolvido, lembrando que o museu recebeu duas menções honrosas (Prémio Filme e no Prémio Informação Turística).

 

Destacou igualmente o facto de a historiadora e fundadora do Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior (Covilhã) também ter sido um dos nomes distinguidos com o Prémio Personalidade do Ano na área da Museologia.

 

O Prémio Museu do Ano é uma das principais distinções atribuídas pela APOM, num total, este ano, de 32 categorias a concurso, que distinguem, entre outras áreas, a melhor intervenção e restauro, o melhor catálogo, a melhor exposição, mecenato e projeto museográfico.

 

 

A edição deste ano distinguiu, como museólogos do ano, Alexandra Campos, Duarte Melo, Manuel Francisco Costa Pereira, Joana Sousa Monteiro, José Gameiro e Luísa Penalva.

 

Como personalidade do ano foram distinguidos Ana Eiró, Ana Isabel Santos, Elisa Pinheiro, Fátima Macedo, José Alberto Seabra Carvalho, José Alvarez, Lilia Esteves, Luís Raposo, Mário Pereira e Sara Silva.

 

O Museu da Covilhã, que pode ser visitado de terça a domingo, das 10H00 às 13H00 e das 14H00 às 18H00, localiza-se na Rua António Augusto de Aguiar, na cidade da Covilhã, junto à Praça do Município, no edifício histórico que acolheu a sede do Banco Nacional Ultramarino e o Museu de Arte e Cultura.

 

 

Publicidade

 

(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twitter)

 

Publicidade

 

 

Publicidade
(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3
%d bloggers like this: