As notícias da Guarda mais perto de Si

Foz Côa aprova pacote de ajuda financeira aos produtores de ruminantes

Publicidade

 

 

O município de Foz Côa aprovou um pacote de ajuda financeira aos produtores pecuários no valor de 13 mil euros para fazer face às despesas em tempo de seca, segundo fonte da autarquia.

 

O Município de Foz Côa, “aprovou um pacote de ajuda financeira direcionada aos produtores de pequenos e grandes ruminantes no nosso concelho”, refere a autarquia.

 

“Vamos apoiar os produtores precários com 20 euros por cabeça de gado bovino e com três euros por cabeça nos pequenos ruminantes [cabras e ovelhas]. Esta é uma ajuda para fazer face ao aumento dos fatores de produção animal em tempo de seca”, disse à Lusa o vice-presidente da Câmara, Pedro Duarte.

Publicidade

 

Em Vila Nova de Foz Côa, há cerca de 4.200 animais que podem beneficiar deste apoio municipal.

 

Nesta fase” difícil acreditamos que esta pode ser uma ajuda importante para a sustentabilidade económica das explorações pecuárias. Estas medidas vão ao encontro dos produtores para fazer face aos sucessivos aumentos dos custos de produção animal”, refere o autarca.

 

“Estas medidas vão ao encontro das necessidades dos produtores para fazer face aos sucessivos aumentos dos custos de produção animal”, vincou Pedro Duarte.

 

O autarca social-democrata dá conta que “em conjunto com Organização de Produtores Pecuários (OPP), que regula o controlo sanitário dos animais, ficou decidido direcionar esta ajuda para o serviço oficial de controlo e erradicação de tuberculose e brucelose animal e todo o apoio veterinário à exploração”.

 

Esta ajuda é tida igualmente pela autarquia como uma contribuição direta para a manutenção da saúde pública, em paralelo com a preservação do património genético das raças animais.

 

Em conjunto com a entidade que regula o controlo sanitário dos animais, convencionámos direcionar esta ajuda, para o serviço oficial de controlo e erradicação de Tuberculose e Brucelose animal e todo o apoio veterinário à exploração, contribuindo diretamente para a manutenção da saúde pública, em paralelo com a preservação do património genético das raças animais, refere a autarquia.

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade
(Fim do artigo – www.guardanoticias.pt – As notícias da Guarda no Facebook e Twiter). G-WH913LSLRB 86d4e63d557e44029786b77c5bab0cb3
%d bloggers like this: